quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

da série "ESTÓRIAS MAL CONTADAS"

   Era uma vez um velhinho andando sozinho pelas ruas de Aparecida. Ele carregava um guarda-chuva e olhava a sua volta com esperança de encontrar alguém conhecido. MAS ISSO FOI EM OUTRO TEMPO...
   Era uma vez uma moça, ela era balconista de uma loja de roupas e olhava com esperança para a rua como se fosse acontecer alguma novidade. MAS ISSO SERÁ UM OUTRO TEMPO...
   Era uma vez um escritor, a procura de personagens para contar uma história. Ele olhava atentamente para dentro de si a procura de alguma idéia. Talvez uma experiência, uma vivência. E a sua volta tudo parecia estar procurando uma razão de ser. E ESSE ERA O TEMPO DE NADA ACONTECER.

Ana dos Santos

Um comentário: