quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

O Poeta

O poeta

O poeta ri do mundo
ri com o mundo
e o mundo ri dele
Ninguém entende a graça do poeta
Ele está em estado de graça
Ele está de pirraça
com tudo que está estabelecido
mantido
estagnado
O mundo está parado
e o poeta não tem tempo
Ele vive em outro tempo
e se pergunta quando será
o tempo
dos homens e poetas
rirem juntos!

3 comentários:

  1. Comentários dos poetas do site worldartfriends:
    Poema bonito, gostei de ler! :-)Henrique

    Mais um belo trabalho, em poesia botas a realidade.
    Parabens Marialds

    Fala o Poeta:

    " O poeta ri do mundo
    e o mundo ri dele
    ...

    O poeta não tem tempo
    Ele vive em outro tempo"

    Gostei Bastante

    Bjo
    Giraldoff

    AnadosSantos!

    Penso ser difícil, não tenho certeza, nem se já sou Poeta, mas pelo pouco tempo que talvez sou, te respondo: os homens rirão juntos com os poetas, quando tiverem a mesma sensibilidade e também chorarem junto com o poeta.

    Com carinho e respeito,
    MarneDulinski

    Chegou o tempo em teu poema.

    Gostei. Mensagem directa e concreta.

    Se todos os homens fossem poetas talvez a vida fosse mais sentida...
    Abraço
    MarcoDias

    ResponderExcluir