terça-feira, 31 de agosto de 2010

Concurso de Poemas Mário Quintana

Pétalas de dores
Eu já estou velha de mim
Buquê de flores
de espinhos e jasmim
Lágrimas de sangue
Viver é sofrer sem fim
Náusea Sartriana
Fernando
Pessoas
em mim.

Um comentário:

  1. TEM O MESTRE FERNANDO PESSOA, É DIFíCIL PARA MIM COMENTAR ESTE VERSO, ABRO MÃO DO COMENTÁRIO, APARECERÁ UM AMIGO,MAIS ABALIZADO E APRENDEREI TAMBÉM.
    VEJO QUE AnadosSantos!, ESTÁ MUITO TRISTE SUGIRO ENTÃO TROCAR AS PÉTALAS DE DORES, POR PÉTALAS DE FLORES, QUE PROVAVELMENTE AS COISAS MELHORARÃO!
    Não sou ninguém para sugerir isso, seria melhor aguardar um colega melhor em conhecimentos, para responde este Poema. Penso que já estou falando demais. um abraço carinhoso do
    MarneDulinski

    Bem vinda!!!! Sabias que temos o mesmo nome? E se bobear, pelo conteúdo, o mesmo Fernando em "nós", ( muito bem atados dentro de nós)
    Grande abraço, maravilhoso poema.Ana Lyra

    COMENTÁRIOS DE POETAS DO SITE WORLDARTFRIENDS

    ResponderExcluir